segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Como Ganhar ou Perder Dinheiro com as Redes Sociais

Os canais de interatividade, especialmente as redes sociais, tem sido um grande marco deste início de século, abrindo oportunidades de negócios em todos os segmentos de mercado. São diversas as possibilidades de negócio, e os clientes, praticamente todos os que estão conectados. Não é a toa que ganhar dinheiro através das redes de relacionamento é mais um objetivo presente em qualquer empresa.

Além disso, as redes sociais podem virar termômetro das marcas, identificando períodos em que a imagem da organização está afetada, ou se está em alta. A dinâmica do mercado mudou, e a mensagem é clara: independente do ramo de atividade, aproveitar bem estes espaços é imprescindível para a construção e a manutenção da imagem de uma empresa.

Por outro lado, os consumidores estão cada vez mais conscientes e com maior quantidade de informações, resultado do maior acesso às novas tecnologias. As redes sociais – que sempre existiram – foram potencializadas com a internet, fazendo com que uma situação de descaso com o consumidor chegue ao conhecimento de milhares de pessoas em questão de minutos. Ou seja, apesar de também trazer dinheiro, as redes sociais mostram a força dos descontentes.

É realmente possível que as redes sociais façam uma empresa perder dinheiro?

Marcas famosas como GAP, Fiat, Nestlé e até mesmo a Brastemp (um símbolo nacional do que seria um produto de qualidade) já passaram por situações inusitadas na internet, parando nos tópicos mais comentados de redes sociais. Em todos os episódios, apesar da imagem ter sido afetada negativamente no curto prazo, elas não sofreram sérias distorções. Mas fica no ar a pergunta: até quando?

É preciso que as empresas saiam da zona de conforto na qual continuem não se importando com a reputação dentro da internet. Não basta ter apenas um programa estruturado de relacionamento com seus clientes no “mundo real”, porque, certamente, um cliente insatisfeito certamente utilizará todos os meios possíveis para demonstrar sua insatisfação, principalmente o virtual.

Desta forma, a utilização de ferramentas integradas com a internet pode resolver pequenos desconfortos e grandes problemas de consumidores em um período de tempo relativamente pequeno. Isto, é claro, se a empresa conseguir vencer sua burocracia institucional e fazer do ambiente virtual um canal veloz e eficaz. Para tanto, é necessário o auxílio de profissionais com bagagem em marketing, jornalismo, relações públicos e tecnologias de informação.

Portanto, fique atento e conecte-se. Nenhum cliente espera uma empresa perfeita, mas que, pelo menos, esteja disposta a participar de maneira incisiva na resolução de seus problemas.

Conectar é preciso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário