segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Crise na Economia Real: a solução é política?


Definitivamente sim! No caso brasileiro, as crenças que embasam a estratégia adotada refletem raciocínios do tipo: menos gastos do governo nos trarão, como uma conseqüência não tão direta, juros menores.

Ora, e por que nos preocupamos com isso? Porque decisões políticas têm impacto nas decisões de compra das pessoas. Você vende algo? Produtos e serviços e suas respectivas demandas dependem dessas chatíssimas decisões políticas. A credibilidade e a confiança das pessoas dependem também de um Ministro da Fazenda com cara de confiável e de plenamente capaz de proteger as decisões de compra das pessoas. Capaz de manter a roda girando...

Nesse mundo de integração constante, de várias redes, de comunidades e de uma sociedade global o efeito borboleta ganha novas dimensões. 

No fim das contas, integrar é preciso, e se informar também.

2 comentários:

  1. Muito complicado confiar na cara confiável do ministro quando sabemos que por trás de tudo tem o dedo de um Palocci nada confiável, né?

    ResponderExcluir
  2. Mas veja só isso: http://josiasdesouza.blog.folha.br/ tem um post do dia 29 sobre o ministro Mantega (e indiretamente sua cara confiável...)

    ResponderExcluir